<$BlogRSDUrl$>

Participação livre, críticas e comentários

segunda-feira, julho 04, 2005

joaquim evónio
Correio para:

je-007@netcabo.pt

Página pessoal:

http://www.joaquimevonio.com

CONVITE

Casa da Cultura – José Bento da Silva
Exposição Colectiva da Associação Escadote Cultural
Inauguração dia 16 de Julho pelas 18horas.
De 16 a 31 de Julho vai estar patente ao público, na Galeria Casa da Cultura – José Bento da Silva em São Martinho do Porto, uma Exposição Colectiva da Associação Escadote Cultural.
Nesta Exposição participam os seguintes artistas:

António Frazão, Carruço, Eunice Leal, Fernando Figueiredo, Fontes de Deus,Henrique Ribeiro, Henrique Tigo, Pulk e Sílvia Soares. Ana Costa Leal, Cecília Dantas e Paula Nascimento

quarta-feira, junho 29, 2005

joaquim evónio
Correio para:

je-007@netcabo.pt

Página pessoal:

http://www.joaquimevonio.com


WORKSHOP SOBRE
ARTE, TECNOLOGIA E INTELIGÊNCIA COLECTIVA



No âmbito da execução do Projecto Atlântico de Arte Digital (PAAD), o IAC-Instituto Açoriano de Cultura leva a feito de 3 a 9 de Julho próximo, na ilha de Santa Maria, um workshop sobre Arte, Tecnologia e Inteligência Colectiva.
Este Workshop – que reúne 15 artistas participantes, oriundos dos Açores, Madeira, Canárias e Cabo Verde – será dirigido por António Cerveira Pinto, conhecido artista, crítico de arte, ensaísta, pedagogo, escritor e produtor cultural.
Ao longo destes dias, os participantes serão desafiados a colocar a ilha de Santa Maria na infoesfera e para tal irão percorrê-la, estudar documentação, elaborar guiões e esquemas, fotografar e infografar, construir páginas web, tratar da meta-informação, discutir, testar, etc.

Estas acções enquadram-se na concretização de um Projecto Demonstrativo que integra as seguintes fases: Definição do objectivo (construir um portal Web (com blog incluído) sobre a Ilha de Stª Maria); Sinopse e Guião (a geografia e o lugar/es gentes/e a vida); Selecção dos meios e plano de acção; Produção (pré-produção; formação de grupos; direcção; produção; pós-produção); Testes de usabilidade; e publicação online do portal.

Antes da execução do projecto haverá uma parte teórica que fará uma introdução aos novos média na criação artística actual; abordará os novos modos e estratégias criativas, as ferramentas intuitivas vs. ferramentas cognitivas, a interdisciplinaridade e a inteligência colectiva.

Este workshop, realizado pelo IAC-Instituto Açoriano de Cultura sobre Arte, Tecnologia e Inteligência Colectiva, terá lugar na Escola Básica Integrada de Santa Maria e conta localmente com a colaboração do Centro de Artes Visuais (Associação Cultural), da Câmara Municipal de Vila do Porto e da própria escola.

A realização do Projecto Atlântico de Arte Digital (PAAD), que envolve – para além do IAC – diversos parceiros dos arquipélagos da Madeira, Canárias e Cabo Verde, é co-financiado pelo Programa de Iniciativa Comunitária INTERREG III-B, no âmbito do FEDER e tem como principal objectivo o intercâmbio dos artistas e criadores digitais da Macaronésia.

quarta-feira, junho 08, 2005

joaquim evónio
Correio para:

je-007@netcabo.pt

Página pessoal:

http://www.joaquimevonio.com




Caros Camaradas de Lista,

Não sei já tinham conhecimento, mas....
abaixo remeto artigo do Jornal da Madeira que pode ser consultado em
http://www.jornaldamadeira.pt/not2005.php?Seccao=13&id=12912

um abraço

Xavier Zarco




O "Voo da Ave”sai à rua no dia do aniversário natalício do escritor.

Antologia poética de José António Gonçalves

Detentor de vários livros da sua autoria, José António Gonçalves será distinguido, na próxima sexta-feira, Dia de Portugal, pelo Presidente da República, Comendador da Ordem do Infante D. Henrique.


No dia em que se vai assinalar o aniversário natalício de José António Gonçalves, a Editora Ausência apresenta ao público uma antologia poética com poemas da autoria deste escritor madeirense.
Como forma de homenagear aquele que foi um dos maiores promotores da literatura madeirense, a antologia, intitulada “Arte do Voo”, será dada a conhecer no próximo dia 13 de Junho pelas 19 horas, no Salão Nobre do Teatro Municipal Baltazar Dias, numa cerimónia que será apresentada pelo escritor António Fournier.
José António Gonçalves, que no dia 13 deste mês faria 51 anos de idade, pertenceu aos órgãos directivos da Associação Portuguesa de Escritores (APE) e foi presidente da Associação de Escritores da Madeira (AEM), da qual foi co-fundador (1989). Desde muito jovem que começou a publicar textos na imprensa e tornou-se Jornalista profissional em 1971 (no Jornal da Madeira), tendo sido co-fundador e dirigente da secção regional do Sindicato dos Jornalistas na Região e da Associação dos Jornalistas da Madeira.
Das várias distinções recebidas ao longo da sua vida, o escritor recebeu, em 1994, do Governo Regional o Galardão de Mérito Cultural, pela obra desenvolvida na Região, em 2002, o prémio “Escritor do Ano”, distinção esta atribuída por uma revista de conteúdo turístico.
A sua obra, num total de quase duas dezenas de livros foi comentada, analisada e criticada por autores como Manuel Frias Martins («Dez Anos de Poesia em Portugal – Leitura de uma Década 1974-1984», Editorial Caminho, 1986), Ernesto Rodrigues («Verso e Prosa de Novecentos», Instituto Piaget, 2000), Ramiro Teixeira, Natália Correia, António Fournier, Giampaolo Tonini, Maria Aurora Homem, Ana Margarida Falcão, José Viale Moutinho, José Laurindo Goes, entre muitos outros.
Traduzido em russo, italiano e espanhol, o seu nome foi incluído na antologia do conto de autores madeirenses publicada em língua italiana, numa organização de António Fournier.
De salientar que, na próxima sexta-feira, Dia de Portugal, o escritor será, a título póstumo, distinguido pelo Presidente da República, Comendador da Ordem do Infante D. Henrique. A cerimónia decorrerá às 12h00, no Palácio de São Lourenço, em sessão solene e pública.


Lucia Mendonça da Silva

terça-feira, junho 07, 2005

joaquim evónio
Correio para:

je-007@netcabo.pt

Página pessoal:

http://www.joaquimevonio.com



CERTAME MACARONÉSIO DE JOVENS ARTISTAS



Até ao próximo dia 20 de Junho está aberto o concurso «Certame Macaronésio de Jovens Artistas», cujos trabalhos, nos Açores, devem ser remetidos até esta data ao IAC-Instituto Açoriano de Cultura.

Neste concurso, instituído pelo Cabildo de Lanzarote, Canárias, podem participar os jovens açorianos entre os 15 e 30 anos. É um concurso de criação cultural nas áreas de artes visuais (banda desenhada; fotografia; desenho; escultura), audiovisual (curtas metragens de ficção, documentários e vídeo; roteiros para curtas metragens), humanidades (conto; poesia) e música (folk; pop rock e música electrónica; música folclórica).


Este concurso, que institui prémios pecuniários no valor de € 2.000 e outros, abrange pela primeira vez os Açores (para além também da Madeira e Cabo Verde) e é desenvolvido no âmbito do PAAD (Projecto Atlântico de Arte Digital), que está em desenvolvimento com apoio financeiro do Programa de Iniciativa Comunitário INTERREG III-B.

Nos Açores, o IAC-Instituto Açoriano de Cultura recolherá os trabalhos concorrentes ao prémio, cujo prazo de entrega decorre até ao dia 20 de Junho. O respectivo regulamento está disponível na sede do IAC-Instituto Açoriano de Cultura e na Internet (www.iac-azores.org/agenda/2005/certame-macaronesio.html).

terça-feira, maio 24, 2005

joaquim evÓnio
Correio para:

je-007@netcabo.pt

Página pessoal:

http://www.joaquimevonio.com



Ambiente


Portugueses descuram reciclagem de embalagens, diz estudo

A reciclagem doméstica poderia subir 25% se todas as embalagens fossem aproveitadas pelos portugueses que já separam o lixo nas suas casas, aponta um estudo da Sociedade Ponto Verde divulgado esta terça-feira.



O estudo, encomendado à MetrisGfK, concluiu que nas casas onde já se faz a separação do lixo são desperdiçadas inúmeras embalagens, indevidamente colocadas no lixo orgânico.
Observou-se que 74% dos lares portugueses que já fazem a separação colocam embalagens de plástico no lixo indiferenciado, 61% não separa correctamente o papel/cartão, 23% o metal e 10% o vidro. O metal e o plástico são os materiais menos separados.

O estudo concluiu que o plástico é frequentemente deitado para o lixo com pouco cuidado, como é o exemplo dos champôs, amaciadores, sacos de plásticos ou embalagens de iogurtes. Quanto ao metal, verificou-se que ainda não é hábito comum dos portugueses separar a maior parte das latas, nomeadamente as de conservas alimentares.

Apesar do papel/cartão ser o segundo material mais separado nas casas portuguesas, produtos e embalagens como os pacotes de leite, caixas de gelatina, pudim, bolachas ou rolos de papel higiénico são pouco aproveitados para reciclagem.

Este foi o primeiro estudo realizado para observar de forma mais precisa o comportamento dos portugueses na separação do lixo doméstico.

Até ao final de Abril de 2005 foram enviadas para reciclagem cerca de 94 mil toneladas de embalagens usadas, o que representa um crescimento de 11,8% em relação ao período homólogo de 2004.

24-05-2005 10:55:24
joaquim evónio
Correio para:

je-007@netcabo.pt

Pagina pessoal:

http://www.joaquimevonio.com


O IAC-Instituto Açoriano de Cultura e a Casa da Cultura da Terceira levam a efeito duas mesas-redondas sobre o tema «Arte, Tecnologia e Inteligência Colectiva», em São Miguel e na Terceira, com a participação do artista, crítico de arte, ensaísta, pedagogo, escritor e produtor cultural António Cerveira Pinto.
Dando continuidade a um projecto destas duas instituições, que tem por objectivo suscitar a reflexão e debate no seio da sociedade açoriana de temas relacionados com as novas expressões contemporâneas em determinadas áreas, nomeadamente na arquitectura e no design, estas mesas-redondas realizam-se nos dias 27 de Maio, no Hotel do Colégio, em Ponta Delgada, pelas 21h30, e no dia 28, no Museu de Angra do Heroísmo, pelas 15 horas.

Abertas ao público em geral, estas mesas-redondas pretendem ainda servir de estímulo para a pré-inscrição dos criadores açorianos num workshop que o IAC-Instituto Açoriano de Cultura vai realizar sobre o mesmo tema de 3 a 9 de Julho próximo na ilha de Santa Maria, também sob a direcção de António Cerveira Pinto. A selecção dos participantes neste workshop será feita com base num questionário que será distribuído nestas mesas-redondas para preenchimento pelos interessados.


Estas acções inscrevem-se no âmbito da execução do PAAD (Projecto Atlântico de Arte Digital), projecto co-financiado pelo INTERREG III B e que envolve também instituições da Madeira, Canárias e Cabo Verde, do qual o IAC-Instituto Açoriano de Cultura é chefe de fila e tem como objectivo o intercâmbio dos artistas e criadores digitais da macaronésia.

Como tópicos de discussão para estas mesas-redondas foram estabelecidos os seguintes pontos: introdução aos novos média na criação artística actual; os novos modos e estratégias criativas; ferramentas intuitivas vs. ferramentas cognitivas; interdisciplinaridade e Inteligência Colectiva.

quinta-feira, maio 19, 2005

joaquim evónio
Correio para:

je-007@netcabo.pt

Página pessoal:

http://www.joaquimevonio.com


"O segredo é amar a floresta"

A floresta está a arder.
As crianças choram.
Que vai ser dos pássaros felizes que ali
viviam com as crias e os ninhos reduzidos a cinza?
E onde vão ter lugar as histórias
que os nossos avós nos contavam?
Quando arde uma floresta, não se perdem
apenas a sua riqueza e a vida dos seres
misteriosos que a povoam.
Perde-se o palco insubstituível
das histórias mais belas da nossa infância.
Não será possível encontrar ainda
no nosso imaginário
um pouco do amor com que a floresta eterna
impregnou os momentos mais felizes
da nossa juventude?
A verdade é que

se todos o quisermos firmemente,
a floresta não arderá.


joaquim evónio

terça-feira, maio 17, 2005

joaquim evónio
Correio para:

je-007@netcabo.pt

Página pessoal:

http://www.joaquimevonio.com


MARÉ VAZIA

Eu sempre chorei
mas lágrimas não havia...

Depois ancorei
e tanto, tanto sonhei
naquela maré vazia...


REMADOR

Sou um remador
passei a vida a sonhar
cada vez mais longe...

Repousou o teu olhar
na palma da minha mão!


CADENTES

As flores que caíram
vieram do firmamento...

São fontes, são águas...

Apagam todas as mágoas,
renovam o pensamento!


Valência, Dezembro de 2004
joaquim evónio
joaquim evónio
Correio para:

je-007@netcabo.pt

Página pessoal:

http://www.joaquimevonio.com


Ao abrigo de uma parceria estabelecida entre o IAC-Instituto Açoriano de Cultura e o OVGA-Observatório Vulcanológico e Geotérmico dos Açores, os sócios do IAC interessados em adquirir o Atlas Básico dos Açores podem fazê-lo nas mesmas condições que os sócios do OVGA:

Sócios do OVGA e do IAC:

50€ (por um exemplar) (+ portes de envio, se aplicável), ou dois cheques pré-datados (preço de venda ao público 65€)


Para o efeito, os sócios que queiram fazer esta aquisição deverão contactar o IAC até 15 de Junho, de modo a proceder-se à reserva e encomenda conjunta de todos os exemplares.



TEMAS DA EDIÇÃO DE 2004 DO ATLAS BÁSICO DOS AÇORES

Açores - Enquadramento Atlântico ● Açores - Enquadramento Geográfico ● Açores - Carta Hipsométrica Geral ● Açores - Os Mares Envolventes ● Açores - Ilhas e Grupos ● Orografia (digital) ● Hipsometria ● Declives ● Climatologia: Precipitações de Inverno e de Verão ● Climatologia - Precipitação Média Anual ● Climatologia - Temperaturas de Inverno e de Verão ● Climatologia - Temperatura Média Anual ● Climatologia - Humidade Relativa Média Anual ● Climatologia - Gráficos de Precipitação e de Temperatura ● Climatologia - Gráficos de Frequência do Vento ● Ribeiras e Lagoas ● Bacias Hidrográficas ● Furos e Nascentes ● Geologia ● Tectónica ● Sismicidade ● Recursos Geotérmicos ● Petrologia ● Vulcanicidade ● Áreas Protegidas e Classificadas ● Rede Natura 2000 ● Acessibilidades ● Reserva Agrícola ● Flora Endémica ● Alguns Peixes Marinhos ● Divisões Administrativas ● Potencial Demográfico ● Ilhas: Habitantes /Áreas ● Concelhos: Habitantes /Áreas ● Freguesias: Habitantes /Áreas ● Ilhas: Densidade Populacional ● Concelhos: Densidade Populacional ● Freguesias: Densidade Populacional ● Toponímia Principal



112 páginas em formato A3, com capa dura
88 páginas de cartas digitais
17 páginas de fotografias e ilustrações

This page is powered by Blogger. Isn't yours?